POLITICA

Operação Xeque-Mate: Leto Viana presta depoimento sobre denúncias de vereadores

4848454

Leto Viana, ex-prefeito de Cabedelo preso desde de o dia 03 de abril de 2018, deve prestar depoimento nesta quinta-feira (04) no Fórum da cidade para falar sobre as cartas-renúncia assinadas por vereadores denunciadas na Operação Xeque-Mate.

Além de Leto, faltam ser interrogados outros seis réus e eventuais testemunhas que podem ser apresentadas pela defesa. “Como a defesa teve acesso ao conteúdo dos depoimentos dos delatores, eu concedi um prazo de três dias para apresentação de possíveis testemunhas e memoriais”, disse o juiz Henrique Jácome. Ele informou, também, que a audiência transcorreu dentro da normalidade, apesar de cansativa e complexa.

Na última terça-feira (04), foram interrogados os réus Inaldo Figueiredo da Silva (funcionário da Prefeitura de Cabedelo) e Marcos Antônio Silva dos Santos, mais conhecido como ‘Marcos da Forte’ (empresário do ramo de segurança). O magistrado designou o próximo dia 9, a partir das 8h30, para dar continuidade à audiência.

“O ex-prefeito liderava essa quadrilha. Ele fazia um levantamento de quem poderia vencer como vereador e investia na campanha dessas pessoas, mas exigia a assinatura de uma carta renúncia. Assim, em caso de vitória, Leto Viana tinha o poder de barganha na Câmara dos Vereadores e na Prefeitura Municipal”, revelou Lucas Santino. Ele disse, ainda, que o investimento em algumas campanhas para vereador de Cabedelo ultrapassava um milhão de reais.

Paraiba.com.br

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp