NOTÍCIAS

Dupla presa com três armas em JP simulava fiscalização da Receita Estadual da PB para roubar carros

dupla_presa_com_tres_armas_em_jp_simulava_fiscalizacao_da_receita_estadual_da_pb_para_roubar_carros_foto_divulgacao_policia_civil_pb-3

Dois homens foram presos suspeitos de receptação e adulteração de veículos. Eles foram capturados no bairro dos Bancários, em João Pessoa, na tarde desta terça-feira (6). O delegado Getúlio Machado, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Capital, informou ao ClickPB que a dupla colava logotipo do Governo do Estado e Receita Estadual para que as vítimas parassem acreditando estar passando por fiscalização.

No momento da abordagem policial, um dos suspeitos tentou fugir e entrou na casa do comparsa, nos Bancários. O local foi cercado e os policiais conseguiram prender os dois.

Os presos pela Polícia Civil foram identificados como Bruno César Praxedes de Queiroz, de 34 anos, natural de Timbaúba e morador de Recife, em Pernambuco, e Ticiano Silva Fernandes, de 41 anos, natural do Rio Grande do Norte, que mora nos Bancários.

Com eles, a Polícia Civil encontrou três armas de fogo e dois carros roubados, um aparelho para detectar rastreador de veículos e dezenas de vias falsas de certificados de Registro de Licenciamento de Veículos, com o logotipo do Departamento de Trânsito da Paraíba (Detran/PB). Também foram recolhidos os adesivos de identificação da Receita Estadual da Paraíba e um aparelho luminoso usado no teto dos carros para sinalizar a passagem de veículos de emergência. Esse material é de uso restrito das forças de segurança.

O material ilícito foi encontrado na casa de um dos homens. Uma mulher, identificada como companheira de um dos suspeitos, também foi levada à delegacia para ser interrogada. A Polícia Civil investiga se ela tem participação nos delitos.

Em interrogatório, os dois homens admitiram a prática dos crimes. Eles serão autuados por receptação e adulteração de veículos, falsificação de documentos públicos e posse ilegal de armas de fogo.

Após serem submetidos a exames de corpo de delito, os dois serão recolhidos à carceragem da Central de Polícia Civil e serão apresentados em audiência de custódia nesta quarta-feira (7).
clickpb

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp