TECNOLOGIA

Diretor de banco revela sistema com reconhecimento facial para prevenir ataques

_108146883_gettyimages-535492242

O Diretor de Segurança do Banco Santander, Douglas Prehl, detalhou, nesta terça-feira (27), durante a primeira edição do fórum do Instituto Brasileiro de Segurança e Justiça (iBRAJUS), como funciona o sistema desenvolvido pela instituição bancária para prevenir ataques criminosos a agências bancárias.

“Antes a gente usava apenas a base histórica para fazer a repressão, a gente identificava e depois corria atrás. Agora eu faço o preditivo. Eu identifico quem é e já começo a usar o reconhecimento facial para fazer o contra-ataque. Quando tem uma pessoa na região que eu já sei, aciono as forças públicas e faço o monitoramento dedicado daquele ponto. Quando a pessoa chega para fazer o ataque, minha agência já está efetivamente protegida”, contou.

De acordo com Douglas, outras empresas têm procurado o Santander para compartilhar informações em relação ao sistema. “Nessa área não existe concorrência, o nosso concorrente é a criminalidade e o objetivo é encarcerar ao máximo”.

paraiba.com.br

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp