ESPORTE

Pressionado, Zidane diz não se incomodar com sombra de Mourinho no Real Madrid

000_1kh3o4

O técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, atendeu a imprensa em entrevista coletiva neste sábado, véspera da partida contra o Sevilla, fora de casa, pelo Campeonato Espanhol. E teve, obviamente, de responder a muitas perguntas sobre o seu futuro no clube, uma vez que já se vê pressionado no cargo depois do início de temporada turbulento.

O nome de José Mourinho, por exemplo, ganhou força na imprensa espanhola depois da derrota por 3 a 0 para o Paris Saint-Germain, na estreia dos merengues na Liga dos Campeões. Zizou disse não se incomodar com a sombra do treinador português.

– Não me incomoda (que surja o nome de Mourinho), é assim. A situação é essa. Aqui, quando as coisas não vão bem, tem que mudar tudo. É difícil, mas é a realidade.

Para o “Marca”, Zidane perdeu crédito depois de conquistar o status de imune e intocável. Mas ele promete não desistir nos primeiros percalços.

– Se tenho que ler a imprensa, estou fora. Sinto-me forte para seguir em frente, o que vem de fora não me interessa. Ensinaram-me a não se render nunca e seguir trabalhando até o último minuto. Vou tentar até onde me derem oportunidade.

Tendo levado gol em todos os jogos da temporada até aqui, o Real Madrid visita o Sevilla neste domingo, às 16h (de Brasília), pela quinta rodada do Campeonato Espanhol – o GloboEsporte.com acompanha em Tempo Real.

Veja abaixo outros pontos da coletiva:

Elenco
Não estão rendendo abaixo do seu nível. Podemos fazer mais? Sim, claro, mas nós sempre tivemos momentos complicados e momentos bons. Agora jogamos contra o líder (Sevilla) e temos que ganhar. Eu sei a dificuldade de estar no Real Madrid. Aqui não valem dois jogos complicados. Temos um bom jogo para fazer as coisas melhor.

Pedir demissão
Não penso em sair. Só penso em ganhar amanhã (domingo). Vocês estão aí para falar e o fazem bem, mas eu só penso no dia de amanhã. As dificuldades do que se diz fora não podemos controlar.

Críticas
Não me surpreende nada. Isso é a vida. Nós sempre tivemos dificuldades, inclusive ganhando. Sempre tivemos momentos complicados nesse clube e sempre pudemos superá-los. O que falam fora não interessa, a força nós temos aqui dentro. O de fora sempre é o resultado, mas o de dentro sempre é outra coisa. A torcida quer ganhar e nós também, mas a única coisa que podemos fazer é trabalhar e tratar de melhorar.

Arrependido de voltar?
É fácil de dizer isso em momentos complicados. Eu tomei a decisão de voltar aqui porque era um projeto novo. É um momento difícil e vou tentar sempre. Quando ganhamos é fácil para todos. Temos que estar juntos e isso é assim porque quando eu vejo o que vocês escrevem o panorama é muito ruim, mas não é assim.

ge

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp