POLITICA

Sérgio da Sac é condenado após denúncia de desvio de recursos públicos destinados a Associação Cultural

sergio_da_sac_foto-walla_santos

A suspeita de desvio de recursos públicos levou à condenação do ex-vereador de João Pessoa Sérgio da Sac e de mais três pessoas por decisão da 3ª Vara Regional de Mangabeira. A denúncia foi feita pelo Grupo de Atuação de Combate ao Crime (Gaeco) e Ministério Público da Paraíba (MPPB).

De acordo com a denúncia, no ano de 2010 o grupo teria desviado R$ 53,3 mil que seriam destinados para a Associação Cultural, Recreativa e Comunitária do Valentina de Figueiredo para a promoção do II Carnaval do Sol, na Praia do Sol. O dinheiro foi repassado pela Empresa Paraibana de Turismo (PBTur).

Sérgio da Sac foi condenado a seis anos de pena privativa de liberdade, consistindo de quatro anos de reclusão e dois anos de detenção. Além disso, também em sua pena estão 40 dias-multa no valor unitário de um salário-mínimo em vigor na data do crime. Entre os crimes do ex-vereador estão fraude em licitação, falsificação de documento particular, falsidade ideológica, uso de documento falso e apropriação indébita.

Michelle Pinto Araújo foi condenada a sete anos de pena privativa de liberdade, com 50 dias-multa no valor unitário de um décimo de um salário-mínimo. Paulo Sérgio da Silva Carneiro e Moacir Rodrigues da Silva Júnior foram condenador ao pagamento das custas processuais pro rata. Segundo a denúncia, todos teriam colaborado com a falsificação dos documentos e extratos bancários para simular legalidade nas despesas da festa que seria bancada com recursos do Estado.

clickpb

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp