NOTÍCIAS

Operação apreende mais de 10 toneladas de fios de cobre em sucatas de João Pessoa e Campina Grande

e698cb6f-de33-4bc9-ac1c-52de11a0c66d

Mais de 10 toneladas de fios de cobre e outros objetos como baterias furtados de concessionárias de energia, água e telefonia celular foram apreendidas na manhã desta segunda-feira (16) em sucatas que eram usadas como receptadoras do material em João Pessoa e Campina Grande.

Esse foi o resultado da operação “Off-line” desencadeada pela Polícia Civil da Paraíba, através das Delegacias de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT) da Capital e de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande. A operação contou com participação de agentes do Fisco Estadual, Instituto de Polícia Científica e representantes das Concessionárias dos Serviços Públicos em João Pessoa e ainda dos Bombeiros Militares em Campina Grande.

Segundo o delegado Braz Morrone, titular da DCCPAT de João Pessoa, somente na Capital foram apreendidas 10 toneladas de fios de cobre e uma arma de fogo com munições na Sucata do Daniel, localizada na área central da cidade. “Foi uma operação simultânea em João Pessoa e Campina Grande, que foi deflagrada a partir das inúmeras denúncias de furtos desse material, prejudicando tanto as empresas, quanto pessoas físicas que usam internet em casa”, disse.

A operação foi denominada off-line em virtude dos prejuízos causados pelo furto dos cabos e fios de cobre, o que deixou várias empresas e pessoas físicas sem acesso à internet. Em João Pessoa foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em diferentes sucatas da Capital.

Em Campina Grande deu cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão em locais suspeitos de serem pontos de receptação de produtos furtados, originários de empresas concessionárias dos serviços públicos de energia, telefonia e agua.

As equipes atuaram nos bairros da Liberdade, Centro, Conceição e Prata. ”Até momento foi apreendida mais de uma tonelada de material de origem ilícita, entre cabos em cobre, baterias, equipamentos de postes de iluminação, tampas de bueiros, entre outros. Também foram expedidos em Campina Grande autos de infração pelo Corpo de Bombeiros, com um dos estabelecimentos fechado”, informou o delegado Luciano Soares, da Delegacia Seccional de Polícia Civil em Campina Grande.

Assessoria

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp