O empresário Nelson Lira deixou o Partido dos Trabalhadores nesta quinta-feira (6). A agremiação foi pega de surpresa e ainda não anunciou um posicionamento oficial sobre a saída dele. Segundo informações de bastidores, Nelson teria sido cotado pelo partido como nome a ser indicato como pré-candidato da legenda à PMJP nas eleições desse ano.

Nos bastidores, a informação é de que ele teria ficado insatisfeito com o uso de seu nome como pré-candidato à PMJP, sem nem mesmo ter sido consultado.

ClickPB

Estudantes e membros do movimento Levante Popular protestaram contra o aumento de passagens e bloquearam uma das principais vias da Capital na noite desta quinta-feira (6), a  Av. Dom Pedro I, sentido Zona Sul ao Centro da Capital. Ao todo cerca de 50 pessoas participam do ato.

Os manifestantes pararam uma das vias com faixas e distribuição de panfletos contra o reajuste de R$ 00,20 no preço das passagens, que passou a valer desde o último domingo (26). Com o aumento a passagem que custava R$ 3,95 passou a R$ 4,15, em dinheiro.

Os custos que foram apresentados na planilha do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa (Sintur-JP) são contestados pelo grupo.

Integram o grupo que protesta contra o aumento da passagem os seguintes movimentos:

1. Interesse Público PB
2. Projeto Público PB
3. Coletivo Eduque PB
4. União Nacional dos Estudantes
5. Associação Nacional de Pós-Graduandos
6. União Brasileira dos Estudantes Secundaristas
7. União da Juventude Socialista
8. Juventude Socialista Brasileira
9. Levante Popular da Juventude
10. Associação de Grêmios do IFPB
11. Minha Jampa
12. Projeto Público
13. Mover – Frente Social Progressista
14. DCE IFPB
15. DCE FPB
16. PSOL
17. As Bocas Negras
18. Coletivo Pagu PB
19. Fórum Paraibano da Luta da Pessoa com Deficiência
20. Juventude Manifesta
21. Fórum Paraibano de Luta da Pessoa com Deficiência “INCLUSÃO E CIDADANIA”

ClickPB

A Prefeitura de Conde passará a cobrar taxa do estacionamento rotativo, a partir desta sexta-feira (7), na Zona Verde de Tambaba, em Conde, no Litoral Sul paraibano. A medida faz parte do Decreto Municipal nº 156/2019, que institui e regulamenta o sistema de estacionamento rotativo pago de veículos nas vias e logradouros públicos do Município de Conde, de acordo com a Lei nº 0967/2017 e nº0965/2017.

De acordo com a Prefeitura de Conde, a medida servirá para ordenar o estacionamento, o compartilhamento do espaço público, a regularização e padronização da cobrança, a melhoria da segurança pública e a manutenção dos espaços públicos.

O serviço será efetivado através de tickets de estacionamento. A cobrança acontecerá das 9h às 18h, todos os dias, conforme indicado nas placas de sinalização vertical instaladas:

R$ 3,00 (três reais): até 2h (duas horas) de duração;

R$ 5,00 (cinco reais): até 5h (cinco horas) de duração.

O pagamento deve ser realizado no estacionamento de Tambaba, solicitando aos operadores de venda, cadastrados e identificados, o tíquete correspondente ao tempo desejado. Moradores e empresas do Município que estejam com impostos municipais em dia poderão adquirir tíquetes diretamente na Prefeitura, com desconto de 40%, dentro do limite de 20 (vinte) tíquetes por mês.

O decreto dispensa algumas categorias do pagamento pelo estacionamento rotativo:

– táxis;

– veículos de transporte alternativo e lotados no município, devidamente identificados, quando estacionados em seus respectivos pontos;

– ciclomotores, motonetas e triciclos, desde que estacionados nas áreas privativas a eles reservadas e sinalizadas;

– veículos em serviço de carga e descarga de mudanças, desde que previamente autorizados pela CMT/SEPLAN;

– veículos do tipo Van e Ônibus parados nas vagas destinadas a Embarque e Desembarque de Passageiros.

Um monitor de estacionamento da Coordenadoria de Mobilidade e Trânsito está à disposição da população no estacionamento para qualquer esclarecimento. Pedidos de informação, elogios e reclamações podem ser encaminhados para a Ouvidoria do Município.

ClickPB

O Extra Supermercado foi condenado a pagar uma indenização R$ 15.436,00 por danos morais e materiais por causa do furto das placas do carro de um consumidor no estacionamento do estabelecimento. De acordo com os autos do processo, as placas foram clonadas em outro veículo, que realizou furtos pela cidade, além de praticar várias infrações de trânsito.

A sentença foi dada pela juíza Adriana Barreto Lossio de Souza, da 9ª Vara Cível da Comarca de João Pessoa. Cabe recurso da decisão judicial.

Segundo o processo, o cliente com a esposa foram ao supermercado para fazer compras na manhã do dia 28 de dezembro de 2016, e deixou o automóvel, um HB20S, no estacionamento do Extra. Após as compras, por volta das 10h, o casal voltou para o veículo, e percebeu que as duas placas do carro tinham sido retiradas.

O cliente voltou ao supermercado para comprovar a situação, encaminhando-se ao gerente do estabelecimento. Ele solicitou uma declaração da empresa administradora do estacionamento – Propark, que se negou a colaborar. Ao sair, o autor foi à Delegacia de Polícia Civil para notificar a ocorrência. Em seguida, ao Detran-PB para realizar vistoria do veículo.

No dia 4 de janeiro de 2017, o consumidor foi abordado por policiais, em casa, que questionaram se ele tinha conhecimento de que o veículo HB20S estava sendo usado para prática de furtos no Supermercado Makro.

Os policiais sugeriram que o homem prestasse uma nova ocorrência sobre tais fatos. No mesmo dia, ele prestou queixa do furto das placas na Polícia Rodoviária Federal (PRF). No dia seguinte, foi à Central de Polícia para relatar novamente o ocorrido, uma vez que várias pessoas foram furtadas pelo veículo clonado. Por essa razão, o homem ficou sem carro entre o dia 28 de dezembro de 2016 até o dia 23 de abril de 2017, ou seja, 85 dias.

Ficou destacado, ainda, que o veículo clonado que estava utilizando as placas do autor, vinha praticando infrações de trânsito na Grande João Pessoa, totalizando 24 pontos na carteira de motorista, além de multa de R$ 780,96, cujas autuações foram objetos de recursos junto a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), com as defesas deferidas, cujas infrações foram arquivadas.

Além de praticarem multas municipais, efetuaram multas no âmbito federal, totalizando 16 pontos na carteira de motorista, multa de R$ 1.205,80, que estão em processo de análise perante o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

O Extra apresentou contestação, alegando que o responsável pelos fatos narrados foi a Propark Estacionamento, sendo possível de se constatar pelo ticket concedido no momento da entrada do estabelecimento. O supermercado sustentou ainda a impossibilidade da exibição da filmagem, com manifesta culpa de terceiro, havendo a excludente de responsabilidade civil prevista pelo artigo 14, §3º, II do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Na sentença, a juíza destacou que “restaram configurados os danos morais sofridos pelo autor, em razão da negligência do supermercado para com a guarda e vigilância do seu veículo, surgindo o dever de indenizar”. Já quanto aos danos materiais, a magistrada disse ter ficado patente a responsabilidade do supermercado, pois ao oferecer aos seus clientes, ainda que gratuitamente, estacionamento para que eles realizem suas compras no seu estabelecimento, assume ele a obrigação de guarda e vigilância.

ClickPB

Apesar de contar com um elenco extenso, formado por 33 jogadores, o técnico do Botafogo Evaristo Piza ainda tem dúvidas sobre a escalação do time que entra em campo, no próximo sábado (8) contra o Náutico – PE, pela Copa do Nordeste. A única certeza para a partida Léo Moura. O jogo começa às 20h30, dentro de casa, no Estádio Almeidão e será a estreia do lateral pelo Belo.

Mas a indefinição do time não tem nada a ver com a falta de confiança de Piza nos jogadores que tem. Pelo contrário, o comandante alvinegro, faz questão de reforçar a seriedade da equipe com quem está trabalhando nessa temporada. “Nenhum deles está de farra, de folia, de baderna, não são caras de balada. Aqui nesse grupo não”, reforçou.

Postura que tem inspirado segurança para o treinador traçar uma estratégia de rodízio dos atletas, até para evitar o desgaste físico em uma temporada movimentada. “A gente tem um elenco bom. Estamos tendo jogos em sequência, se eu esgotar um combustível de um só atleta vai chegar à sétima, oitava rodada vão estar todos entregues ao departamento médico”, analisou Piza.

O Botafogo briga pelo tetracampeonato Paraibano de Futebol, pela Copa do Nordeste, vai estrear pela Copa do Brasil no próximo dia 12 e ainda luta pelo acesso e disputará a Série C do Brasileiro. A série de compromissos somada ao fato do clube ter feito grandes contratações, entre eles Pimentinha e Léo Moura – considerado protagonista da maior transação do futebol paraibano – só aumentam a responsabilidade do treinador.

Presença de Léo Moura no treino

Definido para o confronto contra o Náutico, Léo Moura participou ontem do primeiro coletivo com o restante da equipe. A estreia do atleta com a camisa 88 do Belo será uma das atrações da partida no Estádio Almeidão. Moura chegou ao Botafogo na última sexta-feira e de lá para cá tem participado de um trabalho de preparação técnica e entrosamento com o elenco. “É um jogador de qualidade, que tem experiência, que está em boas condições físicas”, pontuou o treinador Evaristo Piza.

E no que depender de Léo Moura, 2020 será um ano de vitórias para o Botafogo. Embora saiba que resultados são conquistados em equipe, o jogador está confiante na sua atuação para esta temporada e se diz 100% adaptado.

“Quem joga futebol tem estar acostumado a vencer. A gente vai jogar em casa com o apoio da nossa em um campeonato difícil como é a Copa do Nordeste. A ansiedade é grande de estreiar e poder estar junto com meus companheiros. Agora é só esperar a hora do jogo”, afirmou Léo Moura que participou do primeiro coletivo ontem. E ao que tudo indica, ele deve atuar em campo na lateral direita. Função que desempenhou ao longo de sua carreira. “O professor me deixou super à vontade, vou colocar o meu futebol em prática e [a experiência] de todos esses anos para poder ajudar a equipe”, finalizou.

Portal Correio

O protótipo da linha de óculos inteligentes da Bosch foi uma das atrações da CES 2020, o maior evento de tecnologia do mundo, realizado em janeiro deste ano.

Leve e discreto, o dispositivo promete ser um importante aliado dos usuários em suas tarefas cotidianas, seja indicando o caminho mais apropriado para chegar ao trabalho ou disponibilizando uma lista de compras na hora de ir ao mercado.

Embora a utilização do produto seja simples, seu funcionamento é um tanto complexo. Isso porque o óculos só funciona se o usuário posicioná-lo corretamente em seu rosto.

Em vez de apenas projetar as imagens nas lentes, o dispositivo da Bosch “Light Drive” usa um pequeno espelho micro eletromecânico para direcionar um trio de lasers nas cores vermelha, azul e verde, em um elemento holográfico transparente posicionado na lente direita do óculo.

A lente, por sua vez, reflete a luz para o olho direito e cria a imagem diretamente na retina do usuário. Para que o sistema funcione, os lasers precisam passar pela pupila e, por isso, os óculos devem estar posicionados corretamente na face do usuário.

Além disso, os primeiros minutos utilizando óculos podem causar estranhamento. Afinal é preciso se acostumar com imagens surgindo no campo de visão.

Segundo Evan Ackerman, do site Spectrum, é confuso como o cérebro se adapta à tecnologia e como é possível alterar definições, como ajuste de foco e proximidade da imagem. Foi preciso a demonstração presencial, uma sequência de e-mails de acompanhamento e um telefonema para a Alemanha, para que Brian Rossini, o diretor de produtos responsável pelos óculos, explicasse a dinâmica para o jornalista.

Por conta dos óculos inteligentes usarem lasers para criar uma imagem de realidade aumentada diretamente na retina do usuário, a imagem refletida no dispositivo está sempre em foco. Além disso, uma vez que apenas um olho recebe a imagem, não há como os dois olhos convergirem e assim estimarem o quão distante está o objeto à sua frente. No entanto, como todo esse processo não é familiar ao cérebro, o usuário pode sentir algumas sensações estranhas.

Por exemplo, o texto projetado pelo óculos inteligente pode alinhar-se automaticamente com outros textos a sua frente, como propagandas em um letreiro ou mesmo o conteúdo de uma capa de revista, inclusive se adequando ao tamanha da fonte. Isso acontece porque a tecnologia não foi projetada com definições específicas de distância ou tamanho.

Outro ponto destacado por Ackerman, é o tamanho do dispositivo. Segundo ele, o óculos da Bosch é até 30% menor que o produto da concorrente North Focals. “Pode não parecer muito, mas para algo que o usuário vai carregar no rosto ao longo dia, faz muita diferença”, escreveu. Além disso, toda tecnologia pesa menos de 10 gramas.

Por fim, o autor ainda destaca a visibilidade das lentes, que permite enxergar as informações mesmo com a incidência da luz do sol, bem como a capacidade da bateria (350 mAh), que funciona durante um dia inteiro.

Ainda não há previsão de quando o dispositivo estará disponível aos consumidores.

Olhar Digital

A Câmara Federal decidiu, em votação na noite desta quarta-feira (5), por voto nominal e aberto, por derrubar a decisão do ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal para afastar o deputado estadual Wilson Santiago (PTB-PB). Sete deputados paraibanos votaram a favor da proposta, dois votaram contra e houve uma abstenção.

Foram 233 votos a favor do parecer do relator, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), que foi contrário ao afastamento. Outros 170 deputados votaram por manter o afastamento de Wilson Santiago. Para manter a decisão do ministro do STF, seriam necessários 257 votos a favor do afastamento (contra o parecer do relator).

A votação, originalmente programada para começar a partir das 14h, teve início somente às 20h.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello, determinou o afastamento do deputado federal Wilson Santiago do cargo. A decisão também determinou a prisão de seus assessores Evani Ramalho e Israel Nunes de Lima,  e de Severino Batista do Nascimento Neto, motorista de Bosco. A Operação Pés de Barro deflagrada na manhã deste sábado (21) tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa dedicada à realização de pagamentos ilícitos e superfaturamentos de obras no Sertão da Paraíba.

Confira os votos:

ClickPb

“Beba água” – uma frase simples, mas muito significativa. E por que é tão importante se hidratar, principalmente no verão? Isso acontece porque quando está muito quente, nós perdemos mais líquido com a transpiração e o corpo perde água e sais minerais. Principalmente as crianças e os idosos, como explicou o nefrologista Décio Mion, no Bem Estar desta quarta-feira (5).

É necessário beber, em média, cerca de dois litros de água por dia, seja no frio ou no calor, mas tem gente que não consegue de jeito nenhum.

Cerca de 80% do corpo é formado por água, inclusive o sangue. A água que bebemos entra nos vasos sanguíneos e aumenta o fluxo, ou seja, o sangue passa a circular melhor. Quando uma pessoa desmaia por desidratação, ela tem uma isquemia cerebral, que é a falta de sangue no cérebro.

A desidratação pode se tornar um quadro grave, causando até convulsão. Veja os sintomas da desidratação:

  • Tontura
  • Fraqueza
  • Mal-estar
  • Desmaio
  • Boca seca
  • Pele seca
  • Sede

Você já reparou na sua urina? A cor do xixi pode te ajudar a saber se você bebeu a quantidade certa de água. Quem bebe bastante água fica com o xixi claro. Já o xixi mais amarelado e com cheiro concentrado é sinal de pouco líquido.

“Olhe a sua urina. Se estiver clara você está bem hidratado. Quanto mais amarelo, mais desidratado”. O nefrologista lembra que o xixi da manhã geralmente é mais escuro, porque estamos dormindo e desidratando.

Idosos e água

Você sabe por que o idoso sente menos sede? Geralmente, sentimos sede quando os rins têm menos volume de água. Os rins passam a eliminar menos xixi para reter o que ainda tem no corpo. O cérebro recebe um alerta de que os rins estão com pouca água e sentimos sede. No idoso, essa reposta da sede é diminuída, por isso ele não sente tanta sede.

“A gente precisa oferecer água, lembrar que a pessoa precisa tomar líquido, porque às vezes o idoso pode esquecer e isso pode levar a uma desidratação”, explica o nefrologista.

Bem Estar Globo

A Polícia Civil está investigando a morte da militante LGBT, Maísa Andrade, de 34 anos, após aplicar silicone industrial, em uma indústria clandestina, em João Pessoa. Maísa morreu nesta quarta-feira (5), no Hospital de Trauma de João Pessoa.

O delegado de homicídios, Carlos Othon solicitou o exame cadavérico e disse que alguns depoimentos já foram prestados à polícia, porém preferiu não informar quem prestou depoimento nesse momento para evitar a exposição das pessoas.

De acordo com um amigo da vítima, a clínica fica localizada no bairro do Varadouro. Ela passou mal durante o procedimento na perna, e foi socorrida pela pessoa que fazia a aplicação.

O Samu informou que Maísa foi socorrida na terça-feira (4),  com taquicardia, hipertensão, vômitos e convulsões. Apesar de estar desorientada, ela ainda estava consciente e informou aos socorristas que tinha aplicado o silicone industrial.

Ainda de acordo com informações da assessoria do Trauma de João Pessoa ao ClickPB, Maísa foi internada em estado gravíssimo e diagnosticada com embolia pulmonar, que é a obstrução de artérias do pulmão com coágulos de sangue.

O Movimento em Defesa dos Direitos Humanos da População LGBT do Município de Cajazeiras, do qual a mulher trans morta era integrante, divulgou nota em rede social lamentando a morte dela. Maísa era nascida e moradora do município do Sertão da Paraíba.

ClickPB