NOTÍCIAS

Júri popular absolve acusados de matar radialista Ivanildo Viana

julgamento_ivanildo

Os sete acusados de matar o radialista Ivanildo Viana, em 2015, foram absolvidos por júri popular, após 15 horas de sessão no 1º Tribunal do Júri da Comarca de João Pessoa. O julgamento começou às 9h dessa quinta-feira (27) e foi presidido pelo juiz Marcos William de Oliveira.

Foram levados ao Conselho de Sentença e julgados inocentes: Arnóbio Gomes Fernandes, Erivaldo Batista Dias, Olinaldo Vitorino Marques, Eliomar de Brito Coutinho, Francisco das Chagas Araújo de Farias, Valmir Ferreira Costa e Célio Martins Pereira Filho. O motivo da absolvição seria a ausência de provas contra os réus, na visão do júri.

O que diziam as investigações
Segundo a Polícia Civil, o assassinato de Ivanildo Viana custou R$ 75 mil. Ele trabalhava em uma rádio em Santa Rita e, ao deixar o prédio da emissora por volta das 11h30 do dia 27 de fevereiro de 2015, foi seguido por uma motocicleta e assassinado em um dos trevos da BR-230. O atirador, que estava na garupa da moto, era Eliomar de Brito Coutinho, de acordo com as investigações. O crime teria sido encomendado por Arnóbio Gomes Fernandes e tido Erivaldo Batista Dias e Olinaldo Vitorino Marques como intermediários entre o mentor e os executores.

portal correio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp