ENTRETENIMENTO

Victor Hugo é o sétimo eliminado do BBB20 com mais de 85% de reificação

victor_hugo

Após encerrar a votação do Paredão entre Babu, Manu e Victor Hugo, Tiago Leifert entra em contato com os brothers e as sisters. O apresentador discursa: “O BBB é uma busca por relevância aí dentro. Acho que não há nada pior para vocês do que chegar no Jogo da Discórdia e escutar que você é ou inofensivo ou irrelevante”.

Em seguida, Leifert afirma: “E aí você parte para a ofensiva, parte para o ataque. Fala: agora vai. E acaba criando uma realidade paralela para você. O que é um perigo do jogo. Nessa realidade você é protagonista, você chama injustiça de sensatez, falta de posicionamento de resiliência, chama jogo de retiro espiritual, chama arrogância de autoestima, chama mau humor de personalidade, chama conveniência de amizade. Fala: não, não é uma ofensa o que estou te dizendo. É um toque”.

O apresentador segue o discurso: “E aí vem o Paredão. O melhor despertador, o mais eficiente despertador do mundo. O maior desfibrilador do planeta Terra. Ele te dá um choque, você sai dessa sua viagem extracorpórea, dessa realidade paralela, volta, e fala: ‘Eita. O que está acontecendo?’ Veio a realidade”.

Logo depois, o apresentador anuncia: “Não foi por mal. Você fez o seu melhor. Você fez o que você achava correto. Só não deu certo. Ou, pelo menos, deu. Até a metade”. Ele continua: “Daqui para frente, pessoal, na segunda metade, não dá mais para viver uma realidade paralela. Encontre o seu lugar no jogo agora. E se for para sair, em uma terça-feira, que seja assim como hoje. Você fez o que você achava que você tinha que fazer”.

Victor Hugo é o sétimo eliminado do BBB20, com 85,22% dos votos. Manu recebeu 10,18%. Babu recebeu 4,6%.

Na sala, o psicólogo recebe os abraços dos colegas de confinamento. Em frente à porta da Eliminação, os participantes aplaudem o maranhense. “Gente, muito obrigado. Eu vivi um sonho aqui. Foi muito importante cada momento. Eu queria muito estar aqui. E eu me joguei com tudo. E eu vivi cada momento como se fosse o último. E tinha que chegar o último”, diz Victor Hugo.

Ao deixar o confinamento, o psicólogo é recebido pela plateia. “Victor Hugo!”, declara Leifert. Ele abraça os familiares e, logo depois, conversa com o apresentador. “Estou tranquilo. Eu pensei que eu fosse estar mais desesperado. Estou feliz para caramba. Tudo o que eu pensei que eu ia viver, acho que eu vivi mais ainda. Estou muito feliz”.

clickpb

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp