ESPORTE

Botafogo demite técnico após derrota contra o Santa Cruz pela Copa Nordeste

dsc_0700_TFuyG9H

Após a derrota para o Santa Cruz-PE, por 3 a 0, na última quinta-feira (12), no Estádio do Arruda, pela Copa do Nordeste, a diretoria do Botafogo-PB resolveu demitir o treinador Evaristo Piza. Uma coletiva de imprensa foi marcada para a tarde desta sexta-feira (13), no CT da Maravilha do Contorno, onde serão expostos os motivos e detalhes da demissão do treinador.

Evaristo Piza chegou ao Botafogo-PB na metade da Série C de 2018, e conseguiu, naquele ano, a classificação para o mata-mata da competição nacional, sendo eliminado pelo homônimo de Ribeirão Preto, após sofrer um gol aos 47 minutos do segundo tempo e, consequentemente, ser eliminado na disputa de pênaltis. Em 2019, Piza conquistou o Campeonato Paraibano e chegou à final inédita da Copa do Nordeste, sendo vice-campeão.

Paciência esgotada
Entretanto, desde a reta final da Série C de 2019, objetivo principal do Botafogo-PB, o clima de insegurança já estava tomando conta da Maravilha do Contorno. Após o fracasso na competição nacional, a diretoria do Belo resolveu, mesmo assim, manter o treinador no comando da equipe, o que gerou insatisfação de boa parte da torcida botafoguense, que não concordava com a permanência do treinador.

Retrospecto
Em 2020, apenas duas derrotas, uma para o Fluminense, pela segunda fase da Copa do Brasil e a mais recente diante do Santa Cruz-PE, atuações ruins que foram suficientes para a queda de Evaristo Piza no Belo, após 73 jogos, 36 vitórias, 23 empates e 14 derrotas, para um aproveitamento de 59,81%.

portal correio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp