TECNOLOGIA

Covid-19: quarentenas estão fazendo nosso planeta se mover menos

20191128102937_1200_675_-_espaco_tempo_ao_redor_da_terra

As quarentenas usadas como medida de combate à pandemia de Covid-19 estão causando um efeito inesperado: nosso planeta está se movendo menos. Segundo o sismólogo Thomas Lecocq, do Observatório Real Belga em Bruxelas, a calmaria é resultado do desligamento de maquinário industrial e interrupção no funcionamento de redes de transporte em todo o mundo.

Essa movimentação normalmente gera um “ruído” sísmico, como um “zumbido” que pode ser detectado pelos equipamentos dos cientistas. O fenômeno não é inédito, mas geralmente tem curta duração: é comum nos dias ao redor do Natal, por exemplo.

Outros cientistas identificaram um fenômeno similar em diversas partes do mundo. O inglês Stephen Hicks publicou em sua conta no Twitter um gráfico mostrando a queda no nível de ruído registrada por um sismógrafo próximo a Londres. A norte-americana Celeste Labedz compartilhou um gráfico similar, com dados de uma estação em Los Angeles.

De acordo com Lecocq, a redução no ruído sísmico na Bélgica é de cerca de 30%. E teve um efeito coleteral inesperado: aumentou a sensibilidade dos sismógrafos usados pelos cientistas. Sem o ruído, um detector na superfície pode ser tão sensível a pequenos terremotos e explosões em pedreiras quando um sensor no fundo de um buraco de 100 metros de profundidade.

Fonte: Nature

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp