NOTÍCIAS

Receita orienta sobre problema com CPF no app de Auxílio Emergencial

Superintendência da Receita Federal, em Brasília.

A Delegacia da Receita Federal do Brasil em João Pessoa orienta aos contribuintes a não comparecerem às unidades do órgão e a adotarem as providências indicadas abaixo caso esteja apresentando problemas de CPF na utilização do aplicativo do Auxílio Emergencial.

1 – Aguardar a atualização do aplicativo

O aplicativo será atualizado para deixar de fazer algumas exigências cadastrais, tais como cidade e estado (UF) da naturalidade. Portanto, sugere-se aguardar um ou dois dias.

2 – Fazer a atualização dos dados do CPF

Atualizar os dados do CPF diretamente no site da Receita Federal, neste link. Devem ser preenchidos todos os campos.

3 – Solicitar atendimento por e-mail

Solicitar regularização via atendimento pelo e-mail atendimentorfb.04@rfb.gov.br, juntando uma ‘selfie’ ao lado do documento de identidade e do CPF.

Auxílio Emergencial
Milhões de trabalhadores informais não inscritos em programas sociais já podem se cadastrar no site e aplicativos disponibilizados pela Caixa Econômica Federal para receberem a renda básica emergencial do Governo Federal. As ferramentas foram lançadas na manhã dessa terça-feira (7). O auxílio – de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil para mães solteiras – será pago por pelo menos três meses para compensar a perda de renda decorrente da pandemia de coronavírus.

portal correio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp