POLITICA

João Azevêdo analisa reabrir alguns serviços na Paraíba, mas diz que isolamento continua

01-joao_azevedo_foto_walla_santos_172

O governador da Paraíba, João Azevêdo, afirmou que o isolamento social ainda é necessário e que não há possibilidade de abertura geral do comércio a partir da perda de validade do decreto vigente, no próximo dia 4. Ele afirmou, porém, que o novo decreto que será editado deverá permitir a abertura de alguns segmentos, como por exemplo, os serviços de limpeza de piscinas.

A declaração foi dada durante entrevista concedida a TV Cabo Branco, nesta quarta-feira (29). O governador contou que terá uma reunião com os prefeitos às 18h desta quarta, e só após isso terá uma definição de como ficará o novo decreto.

”Ajustes serão feitos. Evidentemente que a gente vai vendo o que funcionou, o que não funcionou, e vai fazendo ajustes”, disse.

João Azevêdo destacou que, por enquanto, não há possibilidade de retorno geral do comércio nem de escolas, e citou o exemplo de outros estados que relaxaram o isolamento e tiveram aumento significativo no número de casos.

O governador afirmou ainda que está aguardando a confecção e distribuição de três milhões de máscaras para pessoas carentes no estado, para poder aprovar a obrigatoriedade do uso do equipamento em locais públicos, possivelmente a partir do dia 4. ”Estou dando esse tempo para que as pessoas que têm condições de adquirir suas máscaras que comprem, e as pessoas que não têm condições que recebam essas máscaras”.

Segundo ele, é preciso conscientizar a população de que o uso de máscaras a partir de agora será o novo normal, e que mesmo após o pico da covid-19 passar, as pessoas terão que continuar usando máscaras, principalmente aquelas que fazem parte de grupos de risco.

clickpb

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp