POLITICA

Paraíba não irá adotar novo decreto de Bolsonaro que permite reabertura de salões de beleza e academias

Joao Pessoa 14 de maio de 2019 entrevista com o governador do estado da paraíba, joão azevedo, no programa correio debate, da tv correio, apresentado pelo jornalista hermes de luna

O Governo da Paraíba não adotará as novas diretrizes sobre os serviços essenciais, decretadas pelo presidente Jair Bolsonaro. A informação foi dada ao Portal ClickPB, pelo procurador geral do estado, Fábio Andrade.

Segundo Fábio, nada será alterado na Paraíba, até o dia 18 de maio, em relação às normas de isolamento social.

Além da Paraíba, estados como Pernambuco, Ceará, Bahia e Pará, também informaram que não seguirão as diretrizes de tornar salões de beleza, barbearias e academias, como serviços essenciais.

Nesta segunda-feira (11), o presidente editou um decreto e publicou em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), incluindo salões de beleza, barbearias e academias de esportes na lista de “serviços essenciais”.

clickpb

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp